Mulheres com Perfil Inspirador

Um momento de mundo tão delicado nos pede amor.

Trouxemos estas mulheres incríveis, aqui, para comprovar onde o amor pode chegar. Elas nos inspiram, nos desafiam e nos fazem acreditar que os sonhos dos nossos estudantes podem e devem ser realizados, sempre.

E é esse amor que o Grupo Perfil de Educação entrega há 35 anos.

Essa é uma homenagem singela a todas as mulheres das nossas vidas. Parabéns!

Feliz 8 de Março.
Grupo Perfil de Educação.

Cecília Benevides de Carvalho Meireles nasceu no Rio de Janeiro, dia 7 de novembro de 1901.

Começou a escrever poesias a partir dos 9 anos de idade. Em 1919, com apenas 18 anos, publicou sua primeira obra de caráter simbolista, “Espectros”. Sua atuação na área da educação não ficou restrita às salas de aula. Isso porque de 1930 a 1931, Cecília trabalhou como jornalista no "Diário de Notícias" contribuindo com textos sobre problemas da educação.

Ficou reconhecida mundialmente, uma vez que suas obras foram traduzidas para muitas línguas.

Pelo trabalho realizado na literatura ela recebeu diversos prêmios. Além disso, realizou palestras e conferências sobre educação, literatura brasileira, teoria literária e folclore, em diversos países do mundo.

Cecília é um grande Perfil. Mulher Inspiradora.

Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes nasceu em Salvador, Bahia, no dia 26 de maio de 1914. 

Desde criança desejava seguir a vida religiosa e rezava muito, pedindo algum sinal que mostrasse se deveria ou não seguir esse caminho.

Ainda na adolescência, começou a desenvolver a sua missão de ajudar os mendigos, carentes e enfermos.

Dulce está eternizada através de sua entidade filantrópica, que abriga um dos maiores complexos de saúde 100% SUS do país, com cerca de 3,5 milhões de procedimentos ambulatoriais por ano. A organização conta com um perfil de serviços único no país, distribuídos em 21 núcleos que prestam assistência à população de baixa renda nas áreas de Saúde, Assistência Social, Pesquisa Científica, Ensino em Saúde, Educação e na preservação e difusão da história de sua fundadora. São as Obras Sociais de Irmã Dulce (OSID).

Irmã Dulce é um grande Perfil. Mulher Inspiradora.

Clementina de Jesus da Silva nasceu em 7 de fevereiro de 1901, na cidade de Valença, no Rio de Janeiro.

De infância pobre, cresceu nos Morros do Rio, nas fases embrionárias das Escolas de Samba. Ao longo destes anos, já adulta, Clementina trabalhou como lavadeira e empregada doméstica.  

A carreira profissional como cantora começou aos 63 anos.

Ao todo a cantora gravou 13 LPs entre álbuns solos e participações em álbuns coletivos. Unanimidade entre a crítica, foi louvada como elo entre África e Brasil, tendo sido reverenciada por grandes nomes da música brasileira, como Elis Regina, João Nogueira, Clara Nunes, Caetano Veloso, Maria Bethânia e João Bosco. 

Clementina é um grande Perfil. Mulher Inspiradora.

Achilina di Enrico Bo nasceu no dia 5 de dezembro de 1914, em Prati di Castello, Roma.

Depois de cursar o Liceo Artistico de Roma, Lina se forma em arquiteta.

Muda-se para Roma em 1946 aonde funda a revista “A – Cultura della Vita”. Lina naturaliza-se brasileira em 1951 e no mesmo ano completa seu primeiro projeto arquitetônico realizado: a Casa de Vidro, que virá a ser um ponto de encontro importante para a cultura nacional.

Lina vem para Salvador em 1958 dar conferências na Escola de Belas Artes da Universidade da Bahia, foi convidada para dirigir o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), onde projetou o restauro do Solar do Unhão e sua adaptação para sede do museu. A experiência na Bahia foi fundamental para o desenvolvimento da arquiteta que, rodeada pela diversidade e vitalidade da nossa região, se fortaleceu para iniciar a renovação da arquitetura brasileira.

Lina tornou-se uma referência internacional. O século XXI, mais especificamente o pós crise de 2008, viu vários dos seus temas e posições tornarem-se pauta do debate sobre cultura, meio-ambiente, patrimônio histórico e produção material da arquitetura e dos objetos.

Lina é um grande Perfil. Mulher Inspiradora.

Nise da Silveira nasceu em 15 de fevereiro de 1905, em Alagoas.

Estudou na Faculdade de Medicina da Bahia (1921-1926) e foi a única mulher numa turma de 157 alunos. Colou grau com a tese "Ensaio Sobre a Criminalidade da Mulher no Brasil”.

Se fixou no Rio de Janeiro, onde estabeleceu suas raízes intelectuais e profissionais. 

Introduziu em seus tratamentos artes plásticas, como ferramenta de expressão dos seus pacientes, levando os trabalhos para exposições em salas artísticas. Também trabalhava com animais de estimação (cães e gatos) para o desenvolvimento de afetividade nos grupos em que trabalhava.

Nise é um grande Perfil. Mulher Inspiradora.

Zilda Arns Neumann nasceu em 25 de agosto de 1934, em Forquilhinha, Santa Catarina.

Foi uma importante médica sanitarista que teve sua vida ligada ao desenvolvimento de projetos sociais relacionados à saúde pública e à defesa das crianças e idosos. 

Em 1980, a experiência acumulada lhe abriu portas para que viesse a coordenar uma campanha de vacinação contra a poliomielite. 

O trabalho de Zilda Arns auxiliou milhares de comunidades carentes pelo Brasil e contou com o apoio de mais de 260 mil trabalhadores voluntários. Sem dúvida, os frutos desse trabalho foram de grande ajuda na promoção da saúde, educação e cidadania.

Zilda é um grande Perfil. Mulher Inspiradora.

Maria da Conceição Evaristo de Brito nasceu em 29 de novembro de 1946, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Romancista, contista e poeta. Trabalhou como empregada doméstica até 1971, quando conclui os estudos secundários no Instituto de Educação de Minas Gerais.

Participante ativa dos movimentos de valorização da cultura negra em nosso país, estreou na literatura em 1990. Escritora versátil, cultiva a poesia, a ficção e o ensaio. A escritora participa de publicações na Alemanha, Inglaterra e Estados Unidos. Seus contos vêm sendo estudados em universidades brasileiras e do exterior, tornando-se, inclusive, objetos das teses de doutorados.

Conceição é um grande Perfil. Mulher Inspiradora.